Performance

Isto é uma selecção de alguns dos espectáculos em que participei. Para a lista completa consultar cv Português+contacto
These are selected performances.To get the full list go to cv English+contact

QUAL É O SOM DA TUA CARA? |HOW DOES YOUR FACE SOUND LIKE?
Lisboa, outubro 2016, Centro Cultural de Belém.

Levando mais longe a cumplicidade construída em “4 MÃOS” (Festival Big Bang 2015), estendemos o processo de criação à comunidade escolar. Através de oficinas com alunos da CED Jacob Rodrigues Pereira – Casa Pia de Lisboa explorámos as relações entre som e desenho e produzimos retratos e autorretratos. Uma seleção deste material produzido foi o ponto de partida para o jogo de improvisação apresentado no espectáculo.
Desenho  António Jorge Gonçalves / Música  Filipe Raposo

Taking futher the relationship between sound and drawing, we did invite some 9 year-old kids to make some workshops producing portraits and self-portraits. A selection of this material was used as a starting point for the improvisation game that we performed during the show.
Drawing  António Jorge Gonçalves / Music  Filipe Raposo

Fotografias | Photos Manuel Ruas Moreira/CCB Fábrica das Artes
jacob_carasQualEOSomDaTuaCara_(c)MRMoreira-(1) QualEOSomDaTuaCara_(c)MRMoreira-(4) QualEOSomDaTuaCara_(c)MRMoreira-(10) QualEOSomDaTuaCara_(c)MRMoreira-(18) QualEOSomDaTuaCara_(c)MRMoreira-(23) QualEOSomDaTuaCara_11Fev17_(c)MRMoreira-(13)

 

O TELHADO DO MUNDO |THE ROOF OF THE WORLD
Lisboa, outubro 2015, São Luiz Teatro Municipal.

Construção em tempo real de narrativa desdobrada em 3 dimensões – escrita, desenhada e tocada – seguindo estrutura prévia mas aberta a todas as ocorrências no seu desenrolar. Desenho  António Jorge Gonçalves / Música  Filipe Raposo / Escrita Ondjaki.

Live-act narrative unfolding in 3 dimensions – written, drawn, played – following previous structure but open to all occurrences. Drawing  António Jorge Gonçalves / Music  Filipe Raposo / Writing Ondjaki.

O TELHADO DO MUNDO (THE ROOF OF THE WORLD) from António Jorge Gonçalves on Vimeo.

 

Fotografias | Photos Alfredo RochaALF_Sao-Luiz_201015_0022ALF_Sao-Luiz_201015_0042ALF_Sao-Luiz_201015_0070ALF_Sao-Luiz_201015_0064ALF_Sao-Luiz_201015_0119ALF_Sao-Luiz_201015_0107ALF_Sao-Luiz_201015_0092

 

4 MÃOS | 4 HANDS
Lisboa, outubro 2015, Centro Cultural de Belém, Festival Big Bang

Concerto para piano e desenho. A abstração da música. A representação do desenho.

A evocação na música. A emoção no desenho. Dois discursos que se encontram, intersetam, provocam, completam. Uma narrativa. Uma estória de amizade, de possibilidades, de contrariedades, de emoções. Um jogo. Um espetáculo de linguagens não verbais. Um sortilégio sensorial. Desenho Digital António Jorge Gonçalves / Música  Filipe Raposo / Apoio à encenação Paula Delecave

Concert for piano and pen. Work in progress searching for a close dialogue between the two instruments.: time, structure, texture, abstraction, evocation, emotion. Digital Drawing  António Jorge Gonçalves / Music  Filipe Raposo / Coaching Paula Delecave

4 MÃOS (4 HANDS) trailer from António Jorge Gonçalves on Vimeo.

Fotografias | Photos Alfredo RochaALF_CCB_221015_0046ALF_CCB_221015_0041ALF_CCB_221015_0056ALF_CCB_221015_0048ALF_CCB_221015_0023ALF_CCB_221015_0006 ALF_CCB_221015_0060 ALF_CCB_221015_0063 ALF_CCB_231015_0015ALF_CCB_221015_0065ALF_CCB_221015_0001

VOZ E GUITARRA | VOICE AND GUITAR

Lisboa, julho 2015, Terreiro do Paço.

Duas noites que não vou esquecer, desenhado ao vivo nos espectáculos VOZ E GUITARRA no encerramento das festas de lisboa 2015, com Ana Bacalhau, Ana Deus, António Zambujo, Carlos Nobre, David Fonseca, Dead Combo, Filipe Cunha Monteiro, Gisela João, João Pedro Pais, Jorge Palma, Luísa Sobral, Luís Represas, Luís Varatojo, Mafalda Veiga, Márcia, Mário Delgado, Miguel Araújo, Moz Carrapa, Norberto Lobo, Olavo Bilac, Rita Redshoes, Samuel Úria, Sara Tavares, Sérgio Godinho, Tim e Vitorino.

two nights to remember, drawing real time at the VOICE AND GUITAR show (in Lisbon), the live follow up of a cd/book project featuring a fine selection of portuguese songwriters and guitar players.

Fotografias | Photos Paula Delecave

IMG_7357IMG_7377IMG_7390IMG_7425IMG_7527IMG_7554IMG_7735 IMG_7754IMG_7759IMG_7767IMG_7786

 

A MONTANHA | THE MOUNTAIN

Lisboa, dezembro 2014, Teatro Maria Matos.

De tanto dizer NÃO um dia Céu perdeu a cabeça. É este o ponto de partida que vai levar esta menina de 5 anos numa viagem surpreendente pelas encostas íngremes até ao coração da montanha em busca da cabeça perdida. Lá, onde só uma Palavra Mágica a pode ajudar a dar um sentido a tudo o que lhe aconteceu.

Depois de Barriga da Baleia volto a trabalhar com a actriz Ana Brandão para dar corpo a uma estória de contorno clássico, com o sabor das narrativas tradicionais, que nos inspira na superação das dificuldades pela persistência e pela amizade. De regresso à manipulação de objectos em retroprojector na construção de um lugar encantatório para os sentidos. A beleza simples de um trabalho cénico em que tudo está à mostra. Dos 4 aos 6 anos.

 

Lisbon (Portugal), december 2014, Theatre Maria Matos.

A mountain tale told by an actress and an overhead projector with songs, luminous drawings and manipulated objects. For children aged 4 to 6.

Vídeo | Video Kinéma  Fotografias | Photos Rui Mateus

 

SOBRE O MAR

Luanda, junho 2014|| Luanda (Angola), june 2014.

concerto de escrita-desenho-música em tempo real com Ondjaki e Marcelo Magdaleno | live writing-drawing-musical act with Ondjaki and Marcelo Magdaleno

 

 

 

 

JOINING MITCHELL

Lisboa, 14 novembro 2013,  CCB | Lisbon (Portugal), 14th november 2013, Belem Cultural Center

 

Desenho digital ao vivo no concerto de homenagem a Joni Mitchell | live digital drawing at a Joni Mitchell tribute concert

Amélia Muge, Filipe Raposo e Carmo Cruz Direcção Artística | Direction

Filipe Raposo Piano | Direcção Musical de Arranjos | Musical Direction
Carlos Bica Contrabaixo | Double bass
Carlos Miguel Bateria | Drums

Antonio Jorge Gonçalves Desenho Digital ao vivo| live digital drawing

com | with Amélia Muge, Aline Frazão, Ana Bacalhau, Cati Freitas, Elisa Rodrigues, Fábia Rebordão, Luisa Sobral, Mafalda Veiga, Manuela Azevedo, Márcia e Sara Tavares

 


GRANDE CONCERTO 40 ANOS EXPRESSO

Lisboa, Janeiro 2013,  CCB | Lisbon (Portugal), January 2013, Belem Cultural Center

Desenho digital ao vivo no concerto dos 40 anos do jornal Expresso, com a Orquestra Metropolitana de Lisboa (dirigida por Cesário Costa). Arranjos musicais de Mário Laginha para 12 canções portuguesas interpretadas por Pedro Caldeira Cabral, Carlos do Carmo, Sérgio Godinho, Paulo de Carvalho, Rui Pregal da Cunha,Tim, Camané, Jorge Palma, Carminho e Boss AC.| Live drawing at Expresso’s (newspaper) 40 years concert, with the Metropolitan Lisbon Orchestra (directed by Cesario Costa). Orchestra musical scores by Mario Laginha for 12 portuguese tunes, sung by Pedro Caldeira Cabral, Carlos do Carmo, Sergio Godinho, Paulo de Carvalho, Rui Pregal da Cunha,Tim, Camane, Jorge Palma, Carminho and Boss AC.

Vídeo | Video Kinéma  Fotografias | Photos Rui Mateus

 

BARRIGA DA BALEIA | BELLY OF THE WHALE

Lisboa, Novembro 2012/Dzembro 2013, Teatro Maria Matos

Uma pequena epopeia marítima narrada por uma actriz e um retroprojector com canções, desenhos luminosos e objectos manipulados. Para crianças dos 3 aos 5 anos
António Jorge Gonçalves: autor, narrador, direcção artística e manipulação de objectos
Ana Brandão: Sari, canções e movimento
Co-produção Teatro Maria Matos (Lisboa)/Centro Cultural Vila-Flor (Guimarães)/Festival Temps d’Images 2012

 

Lisbon (Portugal), Novembrer 2012/December 2013, Theatre Maria Matos.

A short sea epic told by an actress and an overhead projector with songs, luminous drawings and manipulated objects. For children aged 3 to 5.
António Jorge Gonçalves: author, narrator, art direction and object manipulation
Ana Brandão: Sari, songs and movement
Co-production Teatro Maria Matos (Lisboa)/Centro Cultural Vila-Flor (Guimarães)/Festival Temps d’Images 2012

Vídeo | Video Kinéma  Fotografias | Photos Rui Mateus

 

barriga da baleia (belly of the whale) TRAILER from António Jorge Gonçalves on Vimeo.

LISBOA, WHO ARE YOU?

Lisboa, Castelo de S. Jorge, Abril a Outubro  2012,  CCB | Lisbon (Portugal) St. George’s Castle, april to october 2012

Guião e Realização de filme-espectáculo multimédia concebido para as paredes do castelo de S. Jorge sobre a cidade de Lisboa no passado e no presente.  Pinturas, gravuras, azulejos, e outros documentos dos últimos 500 anos da iconografia da cidade foram animados digitalmente. A banda sonora reune  compositores  portugueses de várias épocas como Luís Freitas Branco, Bernardo Sassetti, Amália ou Dead Combo.

Script and Direction for a film/multimedia show  that took place at st. George’s castle is Lisbon. It uses the most update AV technology, drawing and motion graphics linking the past and present icons from the city of Lisbon. Without ay language barrier it features only image and 100% portuguese music.

 

ETEROPOLIS

Lisboa, 5 Agosto 2011,  CCB | Lisbon (Portugal), 5 August 2011, Belem Cultural Center

Solo de desenho digital improvisado ao vivo integrado no festival CCB-FORA-DE-SI. | Improvised digital live drawing solo, at the  CCB-INSIDE-OUT festival.
Quimeroscópio: objecto arquitectónico por  | Quimeroscopio: architectural object by DUARTE RATO

Fotografias | Photos Fernando Guerra


Live act no Festival CITEMOR | Live act at CITEMOR Festival

Montemor-o-Velho, 28  Julho 2011, Teatro Esther de Carvalho | Montemor-o-Velho (Portugal), 28 Julho 2011, Esther de Carvalho Theater

O festival CITEMOR é um clássico de culto no terreno das artes performativas: foi com imensa satisfação que recebi esta carta branca. Desafiei o  Pedro Lopes, gira-disquista com uma aproximação muito directa aos materiais sonoros, para construir comigo uma noite sem repetições.
CITEMOR is a cult festival for the performing arts: I was really happy to get this invitation. I’ve asked Pedro Lopes – a turntable sound artist who have a very direct approach to sound materials – to join me in this evening.

António Jorge Gonçalves & Pedro Lopes – em Concerto from CITEMOR on Vimeo.

 

LIVE DIGITAL DRAWING showcase

live digital drawings from António Jorge Gonçalves on Vimeo.

 

 

ÓPERA “ANTÍGONO” | “ANTIGONO” OPERA

Lisboa, 21 e 22  Janeiro 2011, grande auditório CCB | Lisbon (Portugal), 21 & 22 January 2011, Belem Cultural Center

Estreia moderna mundial da ópera de Antonio Mazzoni com libreto de Pietro Metastasio que estava em cena na Casa da Ópera do Tejo em 1755 antes do terramoto a deixar em ruínas. Foi um previlégio poder trabalhar com uma equipa de profissionais de topo, numa peça musical sublime.
World modern premiere for the opera by Antonio Mazzoni with libretto by Piero Metastasio that was being performed at Lisbon Opera House in 1755 when a big earthquake destroyed it completely. It was a previlege to work with such a (top) team in a sublime musical piece.

orquestra DIVINO SOSPIRO
ENRICO ONOFRI direção musical | musical direction
CARLOS PIMENTA direção cénica | Scenic Direction
ANTÓNIO JORGE GONÇALVES desenho digital em tempo real | Real-time digital drawing
JOSÉ ANTÓNIO TENENTE figurinos | costume design
NUNO MEIRA desenho de Luz | Lighting design
RUI MADEIRA programação multimédia | multimedia programing
NICHOLAS MCNAIR reconstrução da partitura, edição crítica  | Score reconstruction and critical edition

MICHAEL SPYRES Antigono
GERALDINE MCGREEVY Berenice
PAMELA LUCCIARINI Demetrio
MARTÍN ORO Alessandro
ANA QUINTANS Ismene
MARIA HINOJOSA MONTENEGRO Clearco

 

Fotografias | Photos Fernando Guerra

HISTÓRIAS DO CASTELO | IN LISBON CASTLE

Lisboa, 17 a 19 Junho 2010 |Castelo de S. Jorge | Lisbon (Portugal), 17 to 19 June 2010 | S. Jorge’s castle

Desenho | Drawing : António Jorge Gonçalves
Música | Music: Bernardo Sassetti
Textos inéditos | Text: Nuno Júdice
Adaptação Teatral e Cena | Theatre version : Sara Gonçalves
Sinfonietta de Lisboa, dirigida por | directed by Vasco Pearce de Azevedo

Desenho de Luz | Light design : Nuno Meira
Programação Multimédia | Multimedia programer : Rui Madeira

Fotografias | Photos Rui Mateus

INÊS NEGRA
Melgaço, 16 Agosto Domingo | 21h30 |Torre de Menagem

Comédias do Minho
Encenação: Gonçalo Amorim
Texto e Dramaturgia: Miguel Castro Caldas
Desenho Digital: António Jorge Gonçalves
Interpretação: Gonçalo Fonseca, Luís Filipe Silva, Mónica Tavares, Rui Mendonça e Tânia Almeida
Participação Especial: Grupo de Teatro Amador “Os Simples” e Comunidade de Melgaço


Fotos | Photos: Comédias do Minho

INFILTRASOM

Espectáculo de som e imagem criado po João Ricardo Barros Oliveira, para o navio Gil Eannes, fundeado em Viana do Castelo. Uma noite muito celebrativa com o encontro de artistas de diferentes proveniências.
Sound and Image performance created by João Ricardo Barros Oliveira, for the Gil Eannes Ship, in the nord of Portugal. A night celebrating the gathering of many artistis coming from distinct backgrounds.

gil1
Foto | Photo: Paulgi

gil2

gil3
Fotos | Photos: Lulubignardi

gil4

gil5
Fotos | Photos: OnlytheBone

COMO FAZER COISAS COM PALAVRAS
HOW TO MAKE THINGS WITH WORDS
De John Austin
Adaptação de Pedro Mexia e Ricardo Araújo Pereira
com
Ricardo Araújo Pereira
Estevão Antunes
Patrícia Resende
Direcção de actores de Dinarte Branco
Cenografia e figurinos de António Jorge Gonçalves
Música de Armando Teixeira
Desenho de Luz de Thomas Walgrave
Sala Principal Teatro São Luiz, Lisboa (2008)

Adaptação teatral das conferências sobre filosofia da linguagem de John Austin. Um trabalho de equipa muito gratificante com o excelente desenhador de luz Thomas Walgrave.
Theatrical version for John Austin’s lectures on Language philosophy. A very satisfying team work with (talented) light designer Thomas Walgrave

rap11.jpg

rap4.jpg

rap5.jpg

rap6.jpg

rap3.jpg

rap2.jpg

CONCERTO DESENHADO
Teatro São Luiz, Lisboa
5/4/2008

Concerto de improvisação com Mário Laginha ao piano, inserido no programa da Festa do Jazz 2008. Apesar de nos conhecermos (e de eu ter um enorme respeito e admiração pelo trabalho de composição do ML) esta foi a primeira vez que os nossos instrumentos se encontraram. Uma noite difícil de esquecer.
Improvised concert with pianist Mario Laginha. It was the first time we’ve been together on stage. A night hard to forget.

conserdes12.jpg
conserdes2.jpg
conserdes5.jpg
conserdes6.jpg

ILLUMINATED CORRIDOR
3/10/2007, Prelinger Library, San Francisco (USA)

A convite de Gino Robair, um músico/compositor com quem já tinha actuado nos festivais Subtropics (Miami) e Camp (Stuttgard), participei no Illuminated Corridor – um evento de rua que reuniu artistas trabalhando com projecção e músicos trabalhando com um pouco de tudo. A performance desenrolou-se durante 3 horas à volta do edifício da biblioteca Prelinger no centro de São Francisco.
Invited by Gino Robair, a musician/composer whom I’ve worked with at Subtropics Festival (Miami) and Camp Festival(Stuttgard), I was part of the Illuminated Corridor – a street event gattering artists working with projection and musicians working with almost anything. It was a 3 hour performance around the Prelinger Library building in San Francisco downtown.

sf3.jpg
Foto | Photo: Ian
sf4.jpg
Foto | Photo: Charles Kremenak
sf5.jpg
Foto | Photo: Nicole Cho
sf6.jpg
Foto | Photo: Charles Kremenak
sf7.jpg
Foto | Photo: Ian
sf8.jpg
Foto | Photo: Nicole Cho
sf9.jpg
Foto | Photo: Ian

Desenho Digital em ESPAÇO PÚBLICO
6/10/2005, Faro Capital da Cultura, Faro
Desenho Digital de António Jorge Gonçalves
DJ Marcos Bartilotti

Deixo a tranquilidade do estúdio e levo as linhas para a rua: a utilização de mesa digitalizadora+laptop+projector vídeo permite desenhar imagens que serão visionadas em grande escala em espaços públicos. O processo é realizado em tempo real, sem recurso a material prégravado, e responde aos estímulos que o próprio local oferece. Os desenhos, em permanente metamorfose, habitam o espaço ora como suas personagens ora como cenário para os seus habitantes.
Leaving the quietness of my studio and taking my pen for a ride: I draw with a computer pen having my work projected in big spaces with a video beamer. Storytelling and abstraction, frenzy and contemplation, characters and shapes, they all meet here during the unpredictable course of the drawings. This process happens real time and site specific, because I never use prerecorded material: the drawings results from an analog action combined with digital support.

f4.jpg
f3.jpg
f2.jpg
f1.jpg

CAMP
Montemor-o-Novo
Stuttgart
2005

O Festival CAMP é uma semana de residência para músicos e artistas plásticos em que se procuram criar conceitos de Música Visual. É basicamente um recreio para artistas que durante 4 dias experimentam de tudo entre si, criando grupos e performances que mostrarão ao público nos restantes 3 dias.
The CAMP festival invites Musicians and Visual Artists for a week residency working for the Visual Music concept. It works as an artist’s playground: in the first 4 days they experiment everything creating groups and sets that will be performed in the last 3 days of the Festival.

c12.jpg
c22.jpg
c32.jpg
c52.jpg
c62.jpg
c72.jpg
c92.jpg

Club SUPER DELUXE, Tóquio
09/09/2005
Desenho Digital por António Jorge Gonçalves
Long String Instrument por Ellen Fullman

Foi quase por acidente que aconteceu esta actuação com Ellen Fullman – criadora de um longo instrumento musical composto por dois conjuntos de dezenas de cordas afinadas com diferenças minímas de tonalidade.
It was by accident that this performance occur in a Tokyo club. Ellen Fullman have developed a musical instrument which consists of two set of dozens of strings tuned in minimal tonal intervals.

sd1.jpg
sd2.jpg
sd3.jpg

CONTINUOUS ME
Direcção de Yola Pinto
Co-criação e performance de
António Jorge Gonçalves (desenho digital)
Fernando Mota (música)
Yola Pinto (movimento)
ZDB (Lisboa), Cine-Teatro António Pinheiro (Tavira), Festival Altitudes (Montemuro), Box Nova/Centro Cultural Belém (Lisboa), São Brás de Alportel e Tavira (Faro Capital da Cultura), Cine-Teatro Joaquim d’Almeida (Montijo), Auditório Municipal António Silva (Cacém), Centro Cultural (Entroncamento).
2004 e 2005.

Uma caixa de diálogo entre o movimento humano, o desenho digital e o som gerando novas perspectivas do espaço existente entre a representação e o real. Construção de sistemas variantes de perguntas e respostas entre um corpo que dança e dois corpos que se manifestam pela sua própria ausência. Um jogo permanente de composição espontânea baseado na exploração das características próprias de cada local de espectáculo.
Dialogue created by Movement, Digital Drawing and Sound. A body who acts and two bodies present by their absence. A permanent game, generating site specific solutions.

me1.jpg
me2.jpg
me3.jpg
me4.jpg
me5.jpg
fotos | photos Nuno Neves

CONSPIRAÇÃO
de António Jorge Gonçalves e Nuno Artur Silva
música de Armando Teixeira
desenho em tempo real por AJG
movimento por Amélia Bentes
desenho de luz de Ricardo Campos
desenho de som de Ricardo Fernandes
com
Kalaf
Nuno Lopes/Marco d’Almeida
Sandra Celas
Teatro Aberto, Lisboa (2004). Teatro Viriato, Viseu / Clube Estefânea, Lisboa / Centro de Artes da Calheta, Madeira (2005).

Representação em palco do universo da série Filipe Seems. Foi uma possibilidade única de juntar criadores de diferentes áreas e … experimentar! Para além do desenho digital ao vivo, projectei também sequências Flash pré gravadas.
Stage version of the Filipe Seems series. A chance to get a handful of artists from different areas and… experiment! I’ve used Digital (live) drawing and pre-recorded Flash sequences.

c1.jpg
c2.jpg
c3.jpg
c4.jpg
c5.jpg
c6.jpg
c7.jpg
c8.jpg
c9.jpg
fotos | photos José Alfredo/Teatro Viriato

O QUE DIZ MOLERO
De Dinis Machado
Versão teatral de Nuno Artur Silva
Direcção de António Feio
Realização Plástica de António Jorge Gonçalves
Música de Nuno Rebelo
Desenho de Luz de João Paulo Xavier
Desenho de Som de Francisco Leal
com
António Feio
José Pedro Gomes
Teatro Nacional D. Maria II, Lisboa (1994); Teatro Nacional S. João, Porto (1995 e 1999); Teatro Villaret, Lisboa (1999). Prémio Melhores Figurinos ’94 da Associação dos Críticos de Teatro e Menção Especial para Cenografia nos Prémios ACARTE/Gulbenkian.

Foi com este espectáculo que me estreei no Teatro. Sorte de principiante: um texto de primeira àgua, uma super equipa e imensa liberdade. Para as imagens projectadas usei uma bateria de 12 projectores com 800 diapositivos controlados por computador.
This was my first in Theatre. Beginners luck: a first class text (adapted from a Portuguese cult book), a super team and total freedom. For the projections I’ve used 12 slide projectors loaded with 800 images, controlled by computer.

molero1.jpg
molero2.jpg
molero3.jpg
molero4.jpg
molero5.jpg
molero6.jpg
molero7.jpg