LISBOAGORA (II)

Foi quase há um ano, que eu, o Alexandre Coelho e o Nuno Pratas, criamos LISBOAGORA: uma equipa multidisciplinar de 60 pessoas inscreve o seu trabalho de forma performativa no espaço urbano. Reúne artistas e intérpretes de diferentes gerações e linguagens – dança, cenografia, desenho, literatura, música, pintura, spoken word, teatro ou fotografia – com produtores, técnicos de som, imagem, luz, designers gráficos e videográficos. Promove o cruzamento de diferentes linguagens artísticas expressando-se através das plataformas digitais. Aqui fica o registo da transmissão integral, para ver e rever. #lisboagora

o amor é um cadáver esquisito

Desde que nos conhecemos que eu e a Paula Delecave fazemos cadáveres esquisitos, seguindo o método surrealista pelo qual cada um desenha numa parte dobrada do papel sem saber como o outro continuará a figura. Agora, fizemos uma edição caseira com uma seleção desses desenhos : está tudo à mostra no vídeo. (Pedidos para os emails indicados no fim do vídeo))

separadores para a RTP3

Desenhos digitais que criei por encomenda da RTP3,  para funcionarem como separadores televisivos. A sonorização foi feita posteriormente pela RTP/Pedro Silveira Ramos.