lugar do voo

A Gulbenkian desafiou-me a criar uma intervenção desenhada no perímetro da obra em curso do novo CAM. A primeira sequência gráfica acaba de ser aplicada na rua nicolau bettencourt (a segunda – mais extensa – só no próximo ano). Usei o pato-real como protagonista de um voo que é sobretudo um arco de tempo que cobre os últimos 200 anos de ocupação daquele lugar por onde passaram o primeiro jardim zoológico, um velódromo, ou a feira popular. Disponível na rua, para os vossos olhos, até à conclusão da obra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *